Moradores do Tucunduba comemoram primeira parte da obra do canal
Menu

Moradores do Tucunduba comemoram primeira parte da obra do canal

  • Written by 
Moradores do Tucunduba comemoram primeira parte da obra do canal

 

            As obras do canal do Tucunduba, no trecho de 820 metros entre as Ruas São Domingos e Mundurucus, nos bairros do Guamá e Terra Firme, estão aos poucos mudando a paisagem desses lugares. A dona de casa Creuza Padilha mora às margens do canal há mais de quatro décadas e vem comprovando as mudanças.

“Tenho 59 anos e moro aqui com meu marido e meus três filhos há quase 40 anos. E sempre quando tinha maré alta, sofríamos com os alagamentos. Agora não”, diz. O marceneiro Edmilson dos Santos, 42 anos, também já percebeu as mudanças. “Antes eu e minha família morávamos em cima do canal. Fui remanejado e hoje percebo como as coisas mudaram por aqui”, comenta.

A obra de saneamento do canal do Tucunduba está sendo executada pelo Governo do Estado que já pavimentou duas grandes avenidas com cerca de 800 metros de extensão, nas duas margens do canal. A obra incluiu ainda o alargamento do canal – com a drenagem, dragagem e limpeza –, instalação de tubulação de esgoto, construção de calçadas, ciclo faixas, muretas de proteção, três pontes de concreto e uma passarela metálica. “No momento as equipes estão trabalhando na construção das novas pontes do Caraparu e da Brasília, que vão substituir as velhas pontes de madeira. Além destas, também será construída uma terceira ponte, próxima à Rua dos Mundurucus” explica o engenheiro Gilmar Mota, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), órgão responsável pela coordenação e fiscalização da obra.

Além da construção das novas pontes, cerca de 80 operários também trabalham no aterro e pavimentação dos 200 metros finais da obra, já próximo a Rua dos Mundurucus. Nessa etapa, 14 postes antigos de iluminação que causavam interferência na obra foram retirados e substituídos por novos, um trabalho feito em parceria com Rede Celpa.

Tucunduba

Considerada a segunda maior bacia hidrográfica da capital, o Tucunduba atravessa quatro bairros: Guamá, Terra Firme, Canudos e Marco. Nesta etapa, 149 famílias que ocupavam irregularmente o leito e as margens do canal foram cadastradas, sendo que 64 foram remanejadas para o residencial “Viver Melhor Primavera” construído pela Prefeitura, no bairro do Tapanã. O restante das famílias optou por receber indenização. A conclusão desse trecho está prevista para o primeiro semestre deste ano. Nesta primeira etapa estão assegurados investimentos no valor de R$ 34,2 milhões, recursos provenientes do Orçamento Geral do Estado e da Caixa Econômica Federal.

No cronograma de serviços da Sedop, o projeto de macrodrenagem da bacia do Tucunduba contempla ainda dois trechos: trecho 02 - já licitado - da Rua dos Mundurucus até a Passagem 2 de Junho. E o trecho 03 (que ainda será licitado) - da Passagem 2 de Junho até a Rua da Vileta. Com a conclusão das obras, serão beneficiados 250 mil moradores dos bairros de Canudos, Guamá, Terra Firme e Marco. O investimento total é estimado em R$ 121,8 milhões.

back to top

Institucional

Acessibilidade

Imprensa

Interno

Telefone

  • Geral
  • 3183-0020